Como fazer um planejamento de negócio para uma clínica de estética?

O mercado da estética é um dos mais atrativos da atualidade, principalmente porque tem mantido um crescimento estável nos últimos anos. Quer saber como ter sucesso nesse ramo? Acompanhe-nos neste artigo!

O mercado de estética tem sido cada vez mais almejado, isso porque, mesmo ante aos cenários de crise tem mantido um constante crescimento.

Apesar desta perspectiva, simplesmente entrar neste mercado não significa que você terá sucesso. Como todo e qualquer negócio é necessário planejamento e revisão contínua do processo. Quer saber como se destacar no mercado de estética? Confira a seguir como deve ser feito o plano de negócio para uma clínica de estética!

Plano de negócios para uma clínica de estética: qual a importância?

O plano de negócio é um documento construído pelo empreendedor antes mesmo de sua inserção no mercado.

As funções deste documento são diversas, dentre as quais se destacam:

  • Otimização dos recursos disponíveis;
  • Evita perdas e falhas no processo;
  • Estabelece caminhos a serem seguidos para que os objetivos sejam alcançados.

Dito isso, você deve estar se perguntando: como fazer um planejamento de negócio para uma clínica de estética?
É o que vamos debater agora!

Como fazer um planejamento de negócio para uma clínica de estética?

Para fazer um plano de negócio para uma clínica de estética, siga os seguintes passos:

Caracterize sua clínica

A primeira vista isso pode parecer bobagem, mas não é. Ao caracterizar a sua clínica você constrói uma imagem para ela, assim como define os valores, a missão e as suas características.

Com estes aspectos bem definidos, você consegue visualizar melhor o que espera da sua clínica e qual será a imagem a ser passada para seus clientes.

Defina seus objetivos

Essa é a principal etapa do seu plano de negócios, pois é justamente nos objetivos que você define aonde quer chegar com sua clínica.

Mas atenção, cuidado para não colocar objetivos além dos seus limites, mantenha sempre o pé no chão.

Uma boa dica é se perguntar: o que eu espero que minha clínica me proporcione nos dois primeiros anos de funcionamento?

Além disso, tente listar no máximo 5 objetivos, para não se perder e nem perder a motivação para alcançá-los. Depois de cumpri-los, você cria novos objetivos.

Defina suas estratégias

Depois de definir os objetivos que quer alcançar com sua clínica, chega o momento de definir quais são as estratégias que irá utilizar para alcançá-los.

Essa etapa inclui: estratégias de marketing, equipamentos a serem adquiridos, cursos de formação, treinamento da equipe, criação de promoções e etc.

Algumas dicas que podem te ajudar nesta etapa:

  • Conhecer mais e melhor o mercado da estética, a melhor forma é a troca de experiências com outros profissionais do ramo;
  • Identificação de estratégias que deram certo para seus concorrentes;
  • Consultar especialistas de diversas áreas (que sejam de relevância para sua clínica).

Lembre-se também de ser racional nesta etapa, não crie estratégias que possam comprometer sua clínica de alguma forma, principalmente no que se refere ao orçamento.

Estabeleça um plano de ação

Essa etapa pode ser a mais longa do seu plano de negócio, pois é nela que serão definidos os caminhos a serem seguidos pela sua clínica de estética.

Como fazer um plano de ação? Pegue seus objetivos e suas estratégias, para cada objetivo você deve ter uma ou mais estratégias. Para cada estratégia, você deve definir um conjunto de ações.

Uma boa dica é após definir seu plano de ação criar um calendário, inserindo todas as ações que serão realizadas no mês/ano. Desta forma, fica mais fácil visualizar e você não perderá tempo.

Acompanhe seu negócio de perto

Um dos grandes erros de quem está começando a empreender é não acompanhar suas estratégias e acabar perdendo o controle do planejamento feito antes de iniciar as atividades.

Essa é uma etapa constante e com o aumento do fluxo de clientes, tende a ser esquecida.

Tire ao menos uma hora por semana para acompanhar como está seu plano de ação, identificar erros, corrigir situações nocivas para a sua clínica e seu negócio. Se possível, procure incluir sua equipe nessa etapa.

Controle do orçamento

O controle do orçamento deve ser incluído em todas as etapas. Afinal, ele inferirá diretamente na execução dos seus objetivos.

Não se desespere, o controle de orçamento pode ser facilitado com planilhas diversas.

O Sebrae disponibiliza um modelo que pode ser editado e pode te ajudar muito neste momento (e em todo o processo de construção do plano de negócios), acesse aqui.

Contudo, seguindo essas dicas, você terá muito sucesso com sua clínica de estética.

Não se esqueça também que o planejamento é o elemento central do sucesso da sua clínica e de que você não pode perder o controle, principalmente das finanças.

Compartilhe:

Mais Publicações

Quem é Daniela Fidellis? 

Daniela Fidellis é mentora de clínicas e profissionais de estética e saúde. Atua no mercado de estética desde 2000, e como proprietária de clínica durante

Não sabe por onde começar a organizar sua empresa e sente que está perdendo dinheiro?

Quer ter Sucesso e Ganhar Dinheiro na Estética?